MONZEIROS.COM - Tudo sobre o Chevrolet Monza!
Home   |    Ver minhas mensagens   |   Painel de Controle do Usuário   |   Entrar



Vácuo no tanque

Assuntos de mecânica e manutenção não abordados nos fóruns abaixo.

Vácuo no tanque

Mensagempor Kirk » 16 Dez 2007, 13:49

Olá amigos!
Sou novo por aki e gostaria de dar parabéns a vcs por esse ótimo fórum.

A minha dúvida é a seguinte: Quando abro o bocal do tanque de gasolina, percebo que tem vácuo lá dentro, porque o ar entra nele na hora, tipo como se o suspiro estivesse entupido. Isso é normal? Pois é a 1ª vez que tenho um carro de ingeção eletrônica.
Também fiquei meio triste com meu Monza no inicio, pois já tive que trocar bobina de alta tensão e bobina do distribuidor, que me cobraram aki uns 300 mangos, (também tinha um mau contato na bomba de combustível). Será esse mau contato o responsável pela queima desses 2 componentes? Eram originais ainda...
Meu Monza é 1 GL 2.0 a gasolina ano 1995 mod 96.
Me desculpem por tantas perguntas, mas é que gosto de aprender...
Avatar do usuário
Kirk
Membro SL (Ní­vel 1)
 
Mensagens: 49
Registrado em: 16 Dez 2007, 10:29
Estado: MS - Mato Grosso do Sul
Cidade: Campo Grande

Re: Vácuo no tanque

Mensagempor Diego Paiva » 16 Dez 2007, 14:06

Kirk escreveu:Olá amigos!
Sou novo por aki e gostaria de dar parabéns a vcs por esse ótimo fórum.

A minha dúvida é a seguinte: Quando abro o bocal do tanque de gasolina, percebo que tem vácuo lá dentro, porque o ar entra nele na hora, tipo como se o suspiro estivesse entupido. Isso é normal? Pois é a 1ª vez que tenho um carro de ingeção eletrônica.
Também fiquei meio triste com meu Monza no inicio, pois já tive que trocar bobina de alta tensão e bobina do distribuidor, que me cobraram aki uns 300 mangos, (também tinha um mau contato na bomba de combustível). Será esse mau contato o responsável pela queima desses 2 componentes? Eram originais ainda...
Meu Monza é 1 GL 2.0 a gasolina ano 1995 mod 96.
Me desculpem por tantas perguntas, mas é que gosto de aprender...


Que nada amigão, pergunte à vontade!!! Pode ter certeza que sempre vai ter gente pra te ajudar :D
O meu, as vezes faz esse baralho quando abro o tanque... mas só quanto tem pouca gasosa no tanque...
Monza GLS 96/96 - Verde Rousseau - COMPLETO
Omega CD 4.1 98/98 - Preto Liszt
Ex-Monza Classic SE 92/92 - Vermelho Ciprius - COMPLETO
Ex-Opala Comodoro SL/E 90/90 - Cinza Berílio - COMPLETO

Tópico de Restauração: Restauração Monza GLS 96 + Teto Solar - A SAGA!
Avatar do usuário
Diego Paiva
MODERADOR
 
Mensagens: 11029
Registrado em: 14 Dez 2006, 13:48
Estado: CE - Ceará
Cidade: Fortaleza
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1996/1996
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Vácuo no tanque

Mensagempor MonzaSC » 16 Dez 2007, 14:16

Diego Paiva escreveu:
Kirk escreveu:Olá amigos!
Sou novo por aki e gostaria de dar parabéns a vcs por esse ótimo fórum.

A minha dúvida é a seguinte: Quando abro o bocal do tanque de gasolina, percebo que tem vácuo lá dentro, porque o ar entra nele na hora, tipo como se o suspiro estivesse entupido. Isso é normal? Pois é a 1ª vez que tenho um carro de ingeção eletrônica.
Também fiquei meio triste com meu Monza no inicio, pois já tive que trocar bobina de alta tensão e bobina do distribuidor, que me cobraram aki uns 300 mangos, (também tinha um mau contato na bomba de combustível). Será esse mau contato o responsável pela queima desses 2 componentes? Eram originais ainda...
Meu Monza é 1 GL 2.0 a gasolina ano 1995 mod 96.
Me desculpem por tantas perguntas, mas é que gosto de aprender...


Que nada amigão, pergunte à vontade!!! Pode ter certeza que sempre vai ter gente pra te ajudar :D
O meu, as vezes faz esse baralho quando abro o tanque... mas só quanto tem pouca gasosa no tanque...


Tanque com sede, Diego???? :D :D :D
Imagem


#MONZA GLS 1996#

----------------------------------
Avatar do usuário
MonzaSC
Membro Classic (Ní­vel 7)
 
Mensagens: 1027
Registrado em: 25 Nov 2007, 19:03
Estado: SC - Santa Catarina
Cidade: Palhoça
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1996/1996
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Mensagempor 500EF » 16 Dez 2007, 15:43

Kirk, você não falou se seu carro é à álcool ou gasolina...

Se ele for à álcool, você vai precisar de dar uma olhada no respiro do tanque.

Se for à gasolina, além do respiro tem uma outra peça que pode apresentar este problema. Os carros à gasolina vêm de fábrica com um sistema chamado canister, que é um filtro de carvão ativado, onde ficam armazenados os vapores de gasolina que vêm do tanque (pelo respiro do tanque), para serem queimados no motor em condições de carga (acionado por uma mangueira de vácuo ligada ao coletor de admissão).

No meu, o cânister ficava atrás do para-choque dianteiro, bem embaixo do farol esquerdo (olhando pelo vão da roda esquerda, dá para vê-lo facilmente).

O fato de estar com muito vácuo dentro do tanque pode acabar com a vida útil da sua bomba, pois ela vai trabalhar mais forçada.
Eduardo Rettore
Monza Classic 500 EF - 2.0i MPFi
Turbo @ 0,8 bar - Legalizado.
Avatar do usuário
500EF
MODERADOR
 
Mensagens: 4256
Registrado em: 24 Ago 2007, 17:13
Estado: MG - Minas Gerais
Cidade: Belo Horizonte
Monza: Sedan SL/E 1.8
Ano/Modelo: 1990/1990
Combustível: Álcool/Etanol

Mensagempor Kirk » 17 Dez 2007, 12:27

500EF escreveu:Kirk, você não falou se seu carro é à álcool ou gasolina...

Se ele for à álcool, você vai precisar de dar uma olhada no respiro do tanque.

Se for à gasolina, além do respiro tem uma outra peça que pode apresentar este problema. Os carros à gasolina vêm de fábrica com um sistema chamado canister, que é um filtro de carvão ativado, onde ficam armazenados os vapores de gasolina que vêm do tanque (pelo respiro do tanque), para serem queimados no motor em condições de carga (acionado por uma mangueira de vácuo ligada ao coletor de admissão).

No meu, o cânister ficava atrás do para-choque dianteiro, bem embaixo do farol esquerdo (olhando pelo vão da roda esquerda, dá para vê-lo facilmente).

O fato de estar com muito vácuo dentro do tanque pode acabar com a vida útil da sua bomba, pois ela vai trabalhar mais forçada.



Ele é a gasolina.
O vácuo não é muito forte, mas da p perceber que existe sim.
Esse monza é meu 1º carro com injeção e não sei se é certo ter esse vácuo no tanque.
Ele aparece tanto com o tanque baixo ou com bastante gasolina.

E o fato de ter queimado a bobina do distribuidor e a bobina de alta tensão?
Seria por causa do mau contato na bomba?
Avatar do usuário
Kirk
Membro SL (Ní­vel 1)
 
Mensagens: 49
Registrado em: 16 Dez 2007, 10:29
Estado: MS - Mato Grosso do Sul
Cidade: Campo Grande

Mensagempor 500EF » 17 Dez 2007, 17:23

Kirk escreveu:Ele é a gasolina.


Então faz como eu disse acima, peça para verificarem o respiro do tanque e o cânister.

O vácuo não é muito forte, mas da p perceber que existe sim.


A pior situação é: Você para, enche o tanque até a boca e sai para fazer uma viagem de 500km.

O nível do combustível vai baixando e não entra ar para preencher o espaço deixado por ele...

Aí, quando o tanque estiver lá perto de 1/4, imagina a pressão negativa (vácuo) que vai estar dentro do tanque, se o respiro estiver entupido mesmo...

Coitada da bomba, que vai ter que vencer esta força e ainda pressurizar a linha...

Esse monza é meu 1º carro com injeção e não sei se é certo ter esse vácuo no tanque.


Não estou vendo o carro, mas pelo jeito que você está falando, não deve ser não.

Ele aparece tanto com o tanque baixo ou com bastante gasolina.


O que importa é quanto o nível do combustível baixou desde que você abriu a tampa pela última vez.


E o fato de ter queimado a bobina do distribuidor e a bobina de alta tensão?
Seria por causa do mau contato na bomba?


Não. Aí não tem nada a ver não... hehehe
Eduardo Rettore
Monza Classic 500 EF - 2.0i MPFi
Turbo @ 0,8 bar - Legalizado.
Avatar do usuário
500EF
MODERADOR
 
Mensagens: 4256
Registrado em: 24 Ago 2007, 17:13
Estado: MG - Minas Gerais
Cidade: Belo Horizonte
Monza: Sedan SL/E 1.8
Ano/Modelo: 1990/1990
Combustível: Álcool/Etanol

Mensagempor Diego Paiva » 17 Dez 2007, 18:49

500EF escreveu:Kirk, você não falou se seu carro é à álcool ou gasolina...

Se ele for à álcool, você vai precisar de dar uma olhada no respiro do tanque.

Se for à gasolina, além do respiro tem uma outra peça que pode apresentar este problema. Os carros à gasolina vêm de fábrica com um sistema chamado canister, que é um filtro de carvão ativado, onde ficam armazenados os vapores de gasolina que vêm do tanque (pelo respiro do tanque), para serem queimados no motor em condições de carga (acionado por uma mangueira de vácuo ligada ao coletor de admissão).

No meu, o cânister ficava atrás do para-choque dianteiro, bem embaixo do farol esquerdo (olhando pelo vão da roda esquerda, dá para vê-lo facilmente).

O fato de estar com muito vácuo dentro do tanque pode acabar com a vida útil da sua bomba, pois ela vai trabalhar mais forçada.


Pô Eduardo, me dá umas dicas de como verificar se o cânister está bom ou não... e outro respiro do tanque, onde fica?
Quando encho o tanque... e vou reabastecer novamente, na hora que abro o tanque... sai um chiado!

Uma coisa que notei, foi que depois que deixer de encher o tanque até a boca, ou seja, parando no primeiro disparo.... esse chiado ao abrir o tanque tem diminuido....
Fui abrir a tampa do tanque agora, enchi o tanque... e hj está com 1/4... e não fez mais o chiado!

Vê se aparece no MSN cara, tu sumiu! hehe

Abraço!
Monza GLS 96/96 - Verde Rousseau - COMPLETO
Omega CD 4.1 98/98 - Preto Liszt
Ex-Monza Classic SE 92/92 - Vermelho Ciprius - COMPLETO
Ex-Opala Comodoro SL/E 90/90 - Cinza Berílio - COMPLETO

Tópico de Restauração: Restauração Monza GLS 96 + Teto Solar - A SAGA!
Avatar do usuário
Diego Paiva
MODERADOR
 
Mensagens: 11029
Registrado em: 14 Dez 2006, 13:48
Estado: CE - Ceará
Cidade: Fortaleza
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1996/1996
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Mensagempor dedehulck » 17 Dez 2007, 22:47

seja bemvindo !
™Dedé Hulck ™
Avatar do usuário
dedehulck
Membro Classic SE (Ní­vel 8)
 
Mensagens: 1458
Registrado em: 13 Dez 2006, 15:49

Mensagempor 500EF » 18 Dez 2007, 09:35

Diego Paiva escreveu:Pô Eduardo, me dá umas dicas de como verificar se o cânister está bom ou não... e outro respiro do tanque, onde fica?


Nos carros com canister, o respiro do tanque é jogado nele.

Como eu disse, ele fica debaixo do para-lamas dianteiro esquerdo. Olhando por baixo da caixa de rodas você vê um "tanquinho" lá.

Nele entra a mangueira que vem do tanque, uma fininha de vácuo que vem do coletor de admissão (para fazer o acionamento da válvula) e uma que leva os gases armazenados no canister para serem queimados no motor.

Quando vi que meu canister estava soltando pó de carvão (ele tem carvão ativado dentro) para dentro do coletor de admissão, arranquei ele fora (não esqueça de tampar o furo da mangueira de vácuo no coletor, para não dar entrada falsa de ar).

Mas a título de teste, vocês podem soltar a mangueira que vem do tanque para o canister para ver se melhora alguma coisa...

Quando encho o tanque... e vou reabastecer novamente, na hora que abro o tanque... sai um chiado!

Uma coisa que notei, foi que depois que deixer de encher o tanque até a boca, ou seja, parando no primeiro disparo.... esse chiado ao abrir o tanque tem diminuido....
Fui abrir a tampa do tanque agora, enchi o tanque... e hj está com 1/4... e não fez mais o chiado!


Se encheu, foi a 1/4 e não deu vácuo, é porque não deve estar entupido. Concorda?

Vê se aparece no MSN cara, tu sumiu! hehe
Abraço!


Realmente... hehehe

É que fim-de-ano a coisa aperta pra valer para o meu lado... só tenho passado rapidamente aqui pela manhã...
Eduardo Rettore
Monza Classic 500 EF - 2.0i MPFi
Turbo @ 0,8 bar - Legalizado.
Avatar do usuário
500EF
MODERADOR
 
Mensagens: 4256
Registrado em: 24 Ago 2007, 17:13
Estado: MG - Minas Gerais
Cidade: Belo Horizonte
Monza: Sedan SL/E 1.8
Ano/Modelo: 1990/1990
Combustível: Álcool/Etanol

Mensagempor Diego Rodrigues » 18 Dez 2007, 16:03

pô, será que é por isso (entupimento do cânister) que meu carro dá umas falhadas quando está com o tanque abaixo de 1/4 e a bomba de combustível faz um barulho direto?

vou verificar esse cânister. no meu carro tem um reservatório na com umas mangueiras de conexão, mas fica ali perto do farol direito. perto das polias de correia e etc... esse é o cânister?
Vectra CD 2.2 16V Automatic 4 Prata - 2001
Avatar do usuário
Diego Rodrigues
Membro GLS (Ní­vel 6)
 
Mensagens: 565
Registrado em: 13 Nov 2007, 15:26

Mensagempor Diego Paiva » 18 Dez 2007, 16:06

Diego Rodrigues escreveu:pô, será que é por isso (entupimento do cânister) que meu carro dá umas falhadas quando está com o tanque abaixo de 1/4 e a bomba de combustível faz um barulho direto?

vou verificar esse cânister. no meu carro tem um reservatório na com umas mangueiras de conexão, mas fica ali perto do farol direito. perto das polias de correia e etc... esse é o cânister?


É esse mesmo... tipo um tubo preto.
Monza GLS 96/96 - Verde Rousseau - COMPLETO
Omega CD 4.1 98/98 - Preto Liszt
Ex-Monza Classic SE 92/92 - Vermelho Ciprius - COMPLETO
Ex-Opala Comodoro SL/E 90/90 - Cinza Berílio - COMPLETO

Tópico de Restauração: Restauração Monza GLS 96 + Teto Solar - A SAGA!
Avatar do usuário
Diego Paiva
MODERADOR
 
Mensagens: 11029
Registrado em: 14 Dez 2006, 13:48
Estado: CE - Ceará
Cidade: Fortaleza
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1996/1996
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Mensagempor 500EF » 18 Dez 2007, 16:42

No meu é do lado esquerdo, mas nos tubarões algumas coisas foram mudadas de lugar mesmo...
Eduardo Rettore
Monza Classic 500 EF - 2.0i MPFi
Turbo @ 0,8 bar - Legalizado.
Avatar do usuário
500EF
MODERADOR
 
Mensagens: 4256
Registrado em: 24 Ago 2007, 17:13
Estado: MG - Minas Gerais
Cidade: Belo Horizonte
Monza: Sedan SL/E 1.8
Ano/Modelo: 1990/1990
Combustível: Álcool/Etanol

Re: Vácuo no tanque

Mensagempor Luciano2106 » 09 Abr 2010, 00:51

Eai monzeiros, tudo blz ? estou com o mesmo problema de vacuo no tanque do meu monza, e vendo agora as perguntas e respostas da galera ja consigo resolver o meu problema, pois ja troquei ate o carburador do meu pensando que fosse desgaste pois quando eu o comprei ele era com GNV,mas continua o vacuo no tanque e continua cheirando muito a gasosa parece que ta sempre afogado,vou revisar o tal de canister pra ver o que esta acontecendo com ele.
valeu galera !!!! Abração
Avatar do usuário
Luciano2106
 
Mensagens: 1
Registrado em: 23 Dez 2009, 08:43
Estado: RS - Rio Grande do Sul
Cidade: Guaiba

Re: Vácuo no tanque

Mensagempor José Leal » 09 Abr 2010, 10:08

Luciano, bem vindo!

Parece que somente os últimos Monza carburado e todos com injeção eletrônica é que possuem cânister. Qual o ano e modelo do seu carro? Assim, poderemos ajudar mais.
Avatar do usuário
José Leal
MODERADOR
 
Mensagens: 6838
Registrado em: 07 Fev 2008, 12:56
Estado: GO - Goiás
Cidade: Goiânia
Monza: Não tenho Monza! :(

Re: Vácuo no tanque

Mensagempor Carlos A. Freire » 09 Abr 2010, 12:07

O canister passou a ser utilizado a partir de 1990, em todos os carros movidos a gasolina, de qualquer marca ou modelo, carburado ou com IE.
O veículos a álcool não usam o equipamento.

Abs,

Carlos Freire
Monza GLS 96 - 2.0 EFI gasolina
São Paulo-SP
Avatar do usuário
Carlos A. Freire
MODERADOR
 
Mensagens: 12902
Registrado em: 18 Jan 2007, 10:06
Estado: SP - São Paulo
Cidade: São Paulo
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1996/1996
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Próximo

Voltar para Mecânica Geral

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes