MONZEIROS.COM - Tudo sobre o Chevrolet Monza!
Home   |    Ver minhas mensagens   |   Painel de Controle do Usuário   |   Entrar

Pedal do freio Duro

Assuntos específicos relacionados à freios e suspensão.

Pedal do freio Duro

Mensagempor teste » 24 Jul 2011, 22:37

Galera blz. to sentindo o pedal do meu freio duro... sei que e caracteristica de hidrovacuo... mas isso começou a contecer depois que eu troquei o amortecedor... e como pra trocar tem que tira aquela parada toda. sera que quando o rapaz monto de volta. pode ter ficado alguma coisa errada e por isso o pedal ficou duro??

Vlw
FALTA SÓ MAIS 1 IPVA :)
Avatar do usuário
teste
Membro Classic SE (Ní­vel 8)
 
Mensagens: 1560
Registrado em: 13 Fev 2011, 15:07
Estado: SP - São Paulo
Cidade: Sjc
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1995/1995
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor f0lster » 24 Jul 2011, 23:28

Ta dando algum barulho quando pisa no freio? Quando o hidrovacuo fura você pode ouvir um barulho de ar meio que vazando. Pra trocar amortecedor ele não precisa mecher em nada alí, não era pra influenciar, de uma olhada se talvez a mangueira de vacuo que vai no hidrovacuo não esta vazando ou solta.
Abraço, boa sorte
Monza SL/e 1.8 86 4 portas
DH, TE, RE, VE, ME, DT, AQ e FuelTech FT300
viewtopic.php?f=33&t=8647
Avatar do usuário
f0lster
Membro Class (Ní­vel 5)
 
Mensagens: 539
Registrado em: 10 Mai 2009, 23:10
Estado: SC - Santa Catarina
Cidade: Palhoça
Monza: Sedan SL/E 1.8
Ano/Modelo: 1986/1986
Sist. Alimentação: MPFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Carlos A. Freire » 25 Jul 2011, 07:17

Essa manutenção não tem nada a ver com problemas com hidrovácuo.

Ao desligar o motor, pise várias vezes no pedal de freio até o pedal ficar bem pesado. Depois, segurando o pedal de freio apertado, dê partida. O pedal deve ficar leve e descer. Se não ocorrer o hidrovácuo pode estar com problemas ou não está chegando vácuo para ele.

Abs,

Carlos Freire
Monza GLS 96 - 2.0 EFI gasolina
São Paulo-SP
Avatar do usuário
Carlos A. Freire
MODERADOR
 
Mensagens: 12055
Registrado em: 18 Jan 2007, 10:06
Estado: SP - São Paulo
Cidade: São Paulo
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1996/1996
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor teste » 03 Ago 2011, 18:22

Carlos A. Freire escreveu:Essa manutenção não tem nada a ver com problemas com hidrovácuo.

Ao desligar o motor, pise várias vezes no pedal de freio até o pedal ficar bem pesado. Depois, segurando o pedal de freio apertado, dê partida. O pedal deve ficar leve e descer. Se não ocorrer o hidrovácuo pode estar com problemas ou não está chegando vácuo para ele.

Abs,

Carlos Freire


Ola carlos.. fiz isso. e meu pedal desceu como o correto. mas como em casa tem 2 monzas eu faço algumas comparaçoes. e reparei que se o carro ficar parado um dia sem ligar. no outro dia o pedal de frei ja esta duro. não tem a necessidade de bombar com ele desligado... sera que pode ter algo furado e vai fazando aos poucos??? vlw
FALTA SÓ MAIS 1 IPVA :)
Avatar do usuário
teste
Membro Classic SE (Ní­vel 8)
 
Mensagens: 1560
Registrado em: 13 Fev 2011, 15:07
Estado: SP - São Paulo
Cidade: Sjc
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1995/1995
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Carlos A. Freire » 03 Ago 2011, 19:13

Se está ficando duro sem pisar no freio com motor desligado, é sinal de que há vazamento.
As vezes tão pouco que nem sempre precisa trocar o hidrovácuo, caso seja ele o problema.
Se com motor funcionando o freio fica bom e não há alteração na marcha lenta e funcionamento geral do motor, não tem necessidade de troca. Algumas vezes o defeito está na válvula que fica entre a mangueira e o hidrovácuo e as vezes é defeito interno a ele mesmo.

Abs,

Carlos Freire
Monza GLS 96 - 2.0 EFI gasolina
São Paulo-SP
Avatar do usuário
Carlos A. Freire
MODERADOR
 
Mensagens: 12055
Registrado em: 18 Jan 2007, 10:06
Estado: SP - São Paulo
Cidade: São Paulo
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1996/1996
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor teste » 03 Ago 2011, 19:32

Acredito eu que deve estar vazando. so que nao ta como era antes.. mas a lenta e rotação ta mesma coisa. so fica mais duro no final do curso. não sei se e pelo falo de o cilindro mestre ser novo.
FALTA SÓ MAIS 1 IPVA :)
Avatar do usuário
teste
Membro Classic SE (Ní­vel 8)
 
Mensagens: 1560
Registrado em: 13 Fev 2011, 15:07
Estado: SP - São Paulo
Cidade: Sjc
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1995/1995
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Wagner » 16 Mai 2012, 17:50

Olá pessoal!


Como se faz a troca da válvula do hidrovacuo, tem algum tutorial com fotos aqui no forum? Obrigado desde já, Wagner.
Monza SL/E EFI 92 2.0 Gasolina, ar,dh,ve, te cor AZUL lindão!
Falta consertar o ar condicionado.
Avatar do usuário
Wagner
Membro SL/E (Ní­vel 3)
 
Mensagens: 277
Registrado em: 22 Out 2007, 16:48
Estado: RJ - Rio de Janeiro
Cidade: rio de janeiro
Monza: Sedan SL/E 2.0
Ano/Modelo: 1992/1992
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Carlos A. Freire » 16 Mai 2012, 17:55

É bem simples. Na mangueira é fixado por abraçadeira no hidrovácuo apenas encaixada na borracha de vedação. Para remover é só puxar. Para colocar é só empurrar.

Abs,

Carlos Freire
Monza GLS 96 - 2.0 EFI gasolina
São Paulo-SP
Avatar do usuário
Carlos A. Freire
MODERADOR
 
Mensagens: 12055
Registrado em: 18 Jan 2007, 10:06
Estado: SP - São Paulo
Cidade: São Paulo
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1996/1996
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Wagner » 16 Mai 2012, 18:04

Carlos A. Freire escreveu:É bem simples. Na mangueira é fixado por abraçadeira no hidrovácuo apenas encaixada na borracha de vedação. Para remover é só puxar. Para colocar é só empurrar.

Abs,

Carlos Freire



Vlw Freire, sabia que podia contar com o companheiro, por isso vou mandar mais uma.

Do nada o pedal ficou duro, de um dia para o outro, e a frenagem ficou horrivel, tenho que fazer força para o carro parar. O que pode ser isso? Mais uma vez obrigado pela atenção. Wagner.
Monza SL/E EFI 92 2.0 Gasolina, ar,dh,ve, te cor AZUL lindão!
Falta consertar o ar condicionado.
Avatar do usuário
Wagner
Membro SL/E (Ní­vel 3)
 
Mensagens: 277
Registrado em: 22 Out 2007, 16:48
Estado: RJ - Rio de Janeiro
Cidade: rio de janeiro
Monza: Sedan SL/E 2.0
Ano/Modelo: 1992/1992
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Wagner » 16 Mai 2012, 18:05

Wagner escreveu:
Carlos A. Freire escreveu:É bem simples. Na mangueira é fixado por abraçadeira no hidrovácuo apenas encaixada na borracha de vedação. Para remover é só puxar. Para colocar é só empurrar.

Abs,

Carlos Freire



Vlw Freire, sabia que podia contar com o companheiro, por isso vou mandar mais uma.

Do nada o pedal ficou duro, de um dia para o outro, e a frenagem ficou horrivel, tenho que fazer força para o carro parar. O que pode ser isso? Você tem alguma foto do embolo da pinça dianteira, este embolo é lubrificado? Mais uma vez obrigado pela atenção. Wagner.
Monza SL/E EFI 92 2.0 Gasolina, ar,dh,ve, te cor AZUL lindão!
Falta consertar o ar condicionado.
Avatar do usuário
Wagner
Membro SL/E (Ní­vel 3)
 
Mensagens: 277
Registrado em: 22 Out 2007, 16:48
Estado: RJ - Rio de Janeiro
Cidade: rio de janeiro
Monza: Sedan SL/E 2.0
Ano/Modelo: 1992/1992
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Wagner » 16 Mai 2012, 18:08

Vlw Freire, sabia que podia contar com o companheiro, por isso vou mandar mais uma.
Tem algum teste para saber se esta válvula está ok? Do nada o pedal ficou duro, de um dia para o outro, e a frenagem ficou horrivel, tenho que fazer força para o carro parar. O que pode ser isso? Você tem alguma foto do embolo da pinça dianteira, este embolo é lubrificado? Mais uma vez obrigado pela atenção. Wagner.[/quote][/quote]
Monza SL/E EFI 92 2.0 Gasolina, ar,dh,ve, te cor AZUL lindão!
Falta consertar o ar condicionado.
Avatar do usuário
Wagner
Membro SL/E (Ní­vel 3)
 
Mensagens: 277
Registrado em: 22 Out 2007, 16:48
Estado: RJ - Rio de Janeiro
Cidade: rio de janeiro
Monza: Sedan SL/E 2.0
Ano/Modelo: 1992/1992
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor teste » 16 Mai 2012, 19:00

Pisa no freio com o carro desligado. liga o carro se o pedal não descer. ja era tem coisa errada no hidrovacuo.
FALTA SÓ MAIS 1 IPVA :)
Avatar do usuário
teste
Membro Classic SE (Ní­vel 8)
 
Mensagens: 1560
Registrado em: 13 Fev 2011, 15:07
Estado: SP - São Paulo
Cidade: Sjc
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1995/1995
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Carlos A. Freire » 17 Mai 2012, 08:01

Vlw Freire, sabia que podia contar com o companheiro, por isso vou mandar mais uma.

Do nada o pedal ficou duro, de um dia para o outro, e a frenagem ficou horrivel, tenho que fazer força para o carro parar. O que pode ser isso? Mais uma vez obrigado pela atenção. Wagner.


Wagner, faça o teste mencionado pelo amigo Teste.

Com carro desligado, pise mais de três vezes no freio. Depois com pé no freio ligue o carro, se o pedal não baixar, o hidrovácuo não está funcionando. Neste caso, verifique a mangueira e conexão com relação a obstruções, mangueira partida ou rachada, válvula do hidrovácuo ou o próprio hidrovácuo.

Abs,

Carlos Freire
Monza GLS 96 - 2.0 EFI gasolina
São Paulo-SP
Avatar do usuário
Carlos A. Freire
MODERADOR
 
Mensagens: 12055
Registrado em: 18 Jan 2007, 10:06
Estado: SP - São Paulo
Cidade: São Paulo
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1996/1996
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Wagner » 17 Mai 2012, 08:20

Carlos A. Freire escreveu:
Vlw Freire, sabia que podia contar com o companheiro, por isso vou mandar mais uma.

Do nada o pedal ficou duro, de um dia para o outro, e a frenagem ficou horrivel, tenho que fazer força para o carro parar. O que pode ser isso? Mais uma vez obrigado pela atenção. Wagner.


Wagner, faça o teste mencionado pelo amigo Teste.

Com carro desligado, pise mais de três vezes no freio. Depois com pé no freio ligue o carro, se o pedal não baixar, o hidrovácuo não está funcionando. Neste caso, verifique a mangueira e conexão com relação a obstruções, mangueira partida ou rachada, válvula do hidrovácuo ou o próprio hidrovácuo.

Abs,

Carlos Freire[/quot

Fiz o teste: ele desceu com muita resistência, duro ainda, não foi até o fim e em seguida empurrou meu pé para a posição normal. O pedal não desceu macio até o fim não!
Monza SL/E EFI 92 2.0 Gasolina, ar,dh,ve, te cor AZUL lindão!
Falta consertar o ar condicionado.
Avatar do usuário
Wagner
Membro SL/E (Ní­vel 3)
 
Mensagens: 277
Registrado em: 22 Out 2007, 16:48
Estado: RJ - Rio de Janeiro
Cidade: rio de janeiro
Monza: Sedan SL/E 2.0
Ano/Modelo: 1992/1992
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Carlos A. Freire » 17 Mai 2012, 08:42

Wagner, no teste não deve mudar a força no pedal. Ou seja. Com pedal pesado por falta de assistência do hidrovácuo, pise no freio e mantendo a mesma força, dê a partida. O pedal deve descer um pouco e ficar leve pois já deve ter a assistência do hidrovácuo. Se continuar onde estava indica que o hidrovácuo não funcionou e deve verificar o que foi mencionado lá em cima, na outra mensagem.

Abs,

Carlos Freire
Monza GLS 96 - 2.0 EFI gasolina
São Paulo-SP
Avatar do usuário
Carlos A. Freire
MODERADOR
 
Mensagens: 12055
Registrado em: 18 Jan 2007, 10:06
Estado: SP - São Paulo
Cidade: São Paulo
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1996/1996
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Wagner » 17 Mai 2012, 11:54

Assim sendo devo descartar então defeito no hidrovacuo e partir para uma nova sangria, pois o pedal desceu, ou seja não permaneceu na posição inicial antes de ligar o motor. Vou providenciar nova sangria, ou melhor vou comprar o óleo e drenar o antigo e então fazer a sangria. Saudações democráticas a todos e mais uma vez obrigado pela atenção. Abs. Wagner.
Monza SL/E EFI 92 2.0 Gasolina, ar,dh,ve, te cor AZUL lindão!
Falta consertar o ar condicionado.
Avatar do usuário
Wagner
Membro SL/E (Ní­vel 3)
 
Mensagens: 277
Registrado em: 22 Out 2007, 16:48
Estado: RJ - Rio de Janeiro
Cidade: rio de janeiro
Monza: Sedan SL/E 2.0
Ano/Modelo: 1992/1992
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Carlos A. Freire » 17 Mai 2012, 12:03

Sangria ou ar no sistema não deixa o pedal duro, e sim, "borrachudo". O que deve é identificar se o hidrovácuo está funcionando ou não ou se há engripamento nas pinças de freio ou cilindro mestre.
Em geral, sintoma de pedal duro é provocado pelo hidrovácuo ou problemas de conexão do hidrovácuo ao coletor de admissão.

Abs,

Carlos Freire
Monza GLS 96 - 2.0 EFI gasolina
São Paulo-SP
Avatar do usuário
Carlos A. Freire
MODERADOR
 
Mensagens: 12055
Registrado em: 18 Jan 2007, 10:06
Estado: SP - São Paulo
Cidade: São Paulo
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1996/1996
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Wagner » 17 Mai 2012, 12:14

Freire, na pinça tem dois parafusos que possuem cada um uma coifa de borracha. Estes parafusos devem ser lubrificados no seu interior? os meus estão completamente secos, sem sinal de lubrificação nenhuma!? Abs. Wagner.
Monza SL/E EFI 92 2.0 Gasolina, ar,dh,ve, te cor AZUL lindão!
Falta consertar o ar condicionado.
Avatar do usuário
Wagner
Membro SL/E (Ní­vel 3)
 
Mensagens: 277
Registrado em: 22 Out 2007, 16:48
Estado: RJ - Rio de Janeiro
Cidade: rio de janeiro
Monza: Sedan SL/E 2.0
Ano/Modelo: 1992/1992
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Carlos A. Freire » 17 Mai 2012, 14:02

Os parafusos não, mas os pinos deslizantes, onde vai esses parafusos sim. Vai lubrificação entre os pinos deslizantes e furos do cavalete da pinça, e por dentro das coifas. Eu uso graxa para rolamentos que aguenta mais temperatura. Graxa ruim seca e endurece travando a pinça ou vira líquido.
Problemas com o pino deslizante não deixam o pedal de freio muito duro. Deixa o freio sem eficiência que é diferente, além de desgastes irregulares na pinça e discos.

Abs,

Carlos Freire
Monza GLS 96 - 2.0 EFI gasolina
São Paulo-SP
Avatar do usuário
Carlos A. Freire
MODERADOR
 
Mensagens: 12055
Registrado em: 18 Jan 2007, 10:06
Estado: SP - São Paulo
Cidade: São Paulo
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1996/1996
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor luiz sle » 12 Jul 2012, 01:55

Os freios do meu SR 88 estão ruins. Está sempre duro, não ouço o barulho característico do hidrovácuo funcionar, como no 86 do meu pai. Fiz os testes com o carro desligado e o pedal continua duro. Ao andar com o carro e tentar frear bruscamente, ele não trava as rodas, faz parecido com o ABS. A mangueira do hidrovácuo está ressecada. Há algum modo de testar sua válvula? O fato da potência de frenagem estar baixa, tem relação com ar nos dutos de fluído ou cilindro mestre?

Abraço.
Monza, a relação do homem e a máquina.


Momento de força (Torque) máximo líquido:
179N.m (17,5 kgf.m) a 3.000rpm!
Carburador de duplo estágio 2E7
Potência máxima líquida (ABNT NBR-5484)
81kW (110 CV) a 5.600 r.p.m.
1998 cc³
Avatar do usuário
luiz sle
Monza-Man (Nível 11)
 
Mensagens: 8583
Registrado em: 10 Dez 2009, 16:55
Estado: SP - São Paulo
Cidade: Cajamar
Monza: Hatch S/R 2.0
Ano/Modelo: 1987/1988
Sist. Alimentação: Carburador 2E
Combustível: Álcool/Etanol

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Wagner » 12 Jul 2012, 06:45

Olá turma!

Meu cilindro mestre tem vinte anos é original de fábrica da marca Varga.
no corpo do cilindro além do nome Varga existe a marca B 22, o que significa esta nomenclatura? Saudações democráticas. Wagner.
Monza SL/E EFI 92 2.0 Gasolina, ar,dh,ve, te cor AZUL lindão!
Falta consertar o ar condicionado.
Avatar do usuário
Wagner
Membro SL/E (Ní­vel 3)
 
Mensagens: 277
Registrado em: 22 Out 2007, 16:48
Estado: RJ - Rio de Janeiro
Cidade: rio de janeiro
Monza: Sedan SL/E 2.0
Ano/Modelo: 1992/1992
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Carlos A. Freire » 12 Jul 2012, 07:56

luiz sle escreveu:Os freios do meu SR 88 estão ruins. Está sempre duro, não ouço o barulho característico do hidrovácuo funcionar, como no 86 do meu pai. Fiz os testes com o carro desligado e o pedal continua duro. Ao andar com o carro e tentar frear bruscamente, ele não trava as rodas, faz parecido com o ABS. A mangueira do hidrovácuo está ressecada. Há algum modo de testar sua válvula? O fato da potência de frenagem estar baixa, tem relação com ar nos dutos de fluído ou cilindro mestre?

Abraço.



Luiz, comece avaliando se tem vácuo chegando na válvula do hidrovácuo. Nos modelos até 1991, é comum obstruir a conexão que fica no coletor de admissão.
Se tiver chegando vácuo, e não há vazamento ou obstruções, remova a válvula do hidrovácuo que é só encaixada. Ela deve ter passagem somente de um dos lados.

Se a válvula estiver boa o hidrovácuo deve estar ruim mesmo.

Abs,

Carlos Freire
Monza GLS 96 - 2.0 EFI gasolina
São Paulo-SP
Avatar do usuário
Carlos A. Freire
MODERADOR
 
Mensagens: 12055
Registrado em: 18 Jan 2007, 10:06
Estado: SP - São Paulo
Cidade: São Paulo
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1996/1996
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor luiz sle » 12 Jul 2012, 10:11

Carlos A. Freire escreveu:
luiz sle escreveu:Os freios do meu SR 88 estão ruins. Está sempre duro, não ouço o barulho característico do hidrovácuo funcionar, como no 86 do meu pai. Fiz os testes com o carro desligado e o pedal continua duro. Ao andar com o carro e tentar frear bruscamente, ele não trava as rodas, faz parecido com o ABS. A mangueira do hidrovácuo está ressecada. Há algum modo de testar sua válvula? O fato da potência de frenagem estar baixa, tem relação com ar nos dutos de fluído ou cilindro mestre?

Abraço.



Luiz, comece avaliando se tem vácuo chegando na válvula do hidrovácuo. Nos modelos até 1991, é comum obstruir a conexão que fica no coletor de admissão.
Se tiver chegando vácuo, e não há vazamento ou obstruções, remova a válvula do hidrovácuo que é só encaixada. Ela deve ter passagem somente de um dos lados.

Se a válvula estiver boa o hidrovácuo deve estar ruim mesmo.

Abs,

Carlos Freire

Farei os testes.
E com relação a baixa potência em frenagem? O hidrovácuo será apenas auxílio, para o pedal ficar mais leve, mas mesmo eu pisando com força, o carro não trava as rodas, e estou evitando usar o carro por conta disso. Como peguei o carro há pouco tempo, não sei se foi trocado o fluído e foi deixado ar no sistema, seria esse o problema ou tem algo a ver com cilindro mestre ou servo-freio?
Monza, a relação do homem e a máquina.


Momento de força (Torque) máximo líquido:
179N.m (17,5 kgf.m) a 3.000rpm!
Carburador de duplo estágio 2E7
Potência máxima líquida (ABNT NBR-5484)
81kW (110 CV) a 5.600 r.p.m.
1998 cc³
Avatar do usuário
luiz sle
Monza-Man (Nível 11)
 
Mensagens: 8583
Registrado em: 10 Dez 2009, 16:55
Estado: SP - São Paulo
Cidade: Cajamar
Monza: Hatch S/R 2.0
Ano/Modelo: 1987/1988
Sist. Alimentação: Carburador 2E
Combustível: Álcool/Etanol

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor Carlos A. Freire » 12 Jul 2012, 11:11

Tem que ir por partes. Se o hidrovácuo não está funcionado, ele será mais um item para aumentar o peso do pedal de freio.

Faça o reparo do hidrovácuo e depois veja como ficou o freio.

Se o pedal estiver bem leve e o carro tem dificuldade de parar, estando o pedal "esponjoso", ar no sistema, duro, obstruções, ou cilindro mestre. Falta de eficiência com pedal leve e firme, qualidade das pastilhas e lonas, pinças engripadas ou cilindro de rodas engripados.

Basicamente é isso...

Abs,

Carlos Freire
Monza GLS 96 - 2.0 EFI gasolina
São Paulo-SP
Avatar do usuário
Carlos A. Freire
MODERADOR
 
Mensagens: 12055
Registrado em: 18 Jan 2007, 10:06
Estado: SP - São Paulo
Cidade: São Paulo
Monza: Sedan GLS 2.0
Ano/Modelo: 1996/1996
Sist. Alimentação: EFI
Combustível: Gasolina

Re: Pedal do freio Duro

Mensagempor luiz sle » 12 Jul 2012, 13:25

Tirei a válvula do servo freio e ela está OK, passando ar em apenas um sentido, de entrada de vácuo no motor. A mangueira e suas conexões estão desobstruídas.

Fiz um pequeno vídeo fazendo o testo no hidrovácuo. O mesmo desce livre até um certo ponto, depois fica pesado.
Monza, a relação do homem e a máquina.


Momento de força (Torque) máximo líquido:
179N.m (17,5 kgf.m) a 3.000rpm!
Carburador de duplo estágio 2E7
Potência máxima líquida (ABNT NBR-5484)
81kW (110 CV) a 5.600 r.p.m.
1998 cc³
Avatar do usuário
luiz sle
Monza-Man (Nível 11)
 
Mensagens: 8583
Registrado em: 10 Dez 2009, 16:55
Estado: SP - São Paulo
Cidade: Cajamar
Monza: Hatch S/R 2.0
Ano/Modelo: 1987/1988
Sist. Alimentação: Carburador 2E
Combustível: Álcool/Etanol

Próximo

Voltar para Freios e Suspensão

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 4 visitantes